Finalistas do Prêmio De Ficção Estrangeira Do Independent de 2014

A lista dos 6 finalistas foi anunciada e agora sabemos quem está concorrendo ao Prêmio de Ficção Estrangeira do Independent de 2014. Eles foram selecionados de uma pilha de 126 livros originalmente escritos em 30 idiomas diferentes e então escolhidos a dedo da lista com os 15 livros destacados. O escritor e tradutor ganhadores receberão o prêmio de 10 mil libras em uma cerimônia em Londres no dia 22 de maio.

Aqui estão os finalistas sortudos:

  • "A Meal in Winter" de Hubert Mingarelli, traduzido do FRANCÊS por Sam Taylor
  • "The Mussel Feast" de Birgit Vanderbeke, traduzido do ALEMÃO por Jamie Bulloch
  • "A Man in Love" de Karl Ove Knausgård, traduzido do NORUEGUÊS por Don Bartlett
  • "Revenge" de Yoko Ogawa, traduzido do JAPONÊS por Stephen Snyder
  • "Strange Weather in Tokyo" de Hiromi Kawakami, traduzido do JAPONÊS por Allison Markin Powell
  • "The Iraqi Christ" de Hassan Blasim, traduzido do ÁRABE por Jonathan Wright

De acordo com o Guardian, os contos dominaram a lista e Ogawa, Knausgaard e Blasim são os destaques do ano. A jurada Alev Adil, artista residente, principal palestrante e líder do programa de mestrado em Escrita Criativa da Universidade de Greenwich, disse o seguinte para resumir o aspecto geral do prêmio deste ano (tradução nossa):

A ficção traduzida nos oferece perspectivas novas sobre questões universais. A lista oferece aos leitores romances bastante diferentes sobre o amor e a necessidade humana de estabelecer relações, como é o caso de A Meal in Winter (Mingarelli), uma meditação elegante sobre o holocausto, The Mussel Feast (Vanderbeke), uma representação tensa de uma família tiranizada pela figura paterna, e Strange Weather in Tokyo (Kawakami), um romance inquietante entre dois perdedores solitários na cidade grande. Esta é uma lista de finalistas com contrastes intrigantes, obras que vão além dos limites dos romances convencionais com contos entrelaçados intricadamente como amarras Shibari em Revenge (Ogawa) e detalhes cotidianos divagadores em A Man in Love (Knausgaard). A ficção traduzida também nos confere o meio mais íntimo e poderoso para compreendermos a política, o trauma e as consequências da guerra. The Iraqi Christ (Blasim) apresenta uma visão inesquecivelmente surreal e forte sobre o Iraque contemporâneo, mostrando muito mais do que jamais poderíamos compreender assistindo aos noticiários na tevê.

Para concluir, olha só que montagem maneira com as fotos de cada capa do livro, autor e tradutor: