"O portal de Capricórnio" vai para Bologna

Rafa Lombardino

Carlos Angelo, um colega tradutor, entrou em contato comigo há umas duas semanas para me avisar que uma amiga, a escritora M.R. Olivieri, estava procurando alguém para trabalhar na versão em inglês do seu livro, O portal de Capricórnio. Cerca de 60% do primeiro capítulo (4.000 de 6.250 palavras) já estava traduzido e ela precisava de alguém para revisar o material e deixá-lo natural.

Sempre hesito quando tenho que revisar o trabalho de alguém que não conheço, principalmente quando o assunto é tradução literária, já que o tradutor têm várias opções para encontrar a voz do autor. Entretanto, a qualidade da tradução me surpreendeu e foram necessários somente alguns ajustes para condizer com o "clima" da história e o linguajar, já que este é o primeiro livro de uma trilogia infantojuvenil de ficção científica e fantasia.

A personagem principal é Dru Ruver, uma adolescente que está passando as férias de verão próximo do Trópico de Capricórnio quando faz uma descoberta que pode mudar o mundo: nada mais, nada menos do que o livro mais importante da história da Humanidade!

Depois que eu enviei a tradução revisada para M.R. Olivieri, ela ficou bastante animada com a maneira como a versão em inglês estava tomando forma e me deu carta branca para traduzir as últimas 2.000 palavras e concluir o primeiro capítulo. Revisei também a sinopse oficial e a biografia da autora; agora, o agente dela vai enviar o material para a Feira do Livro Infantil de Bolonha para conscientizar as editoras internacionais sobre o livro.

Eu gostei bastante do que li, que não é interessante somente para os leitores jovens, mas também para todos que gostam de uma boa história de fantasia. O primeiro capítulo termina quando Dru encontra o livro misterioso e entra em contato com o professor Filipe Meine, cartógrafo famoso, para ajudá-la a compreender os mapas obscuros e as inscrições que se encontram naquelas páginas.

Vou torcer muito pelo livro e pela autora, esperando que o material receba o apoio que merece nesse evento importante na Itália para que a versão em inglês esteja disponível em breve.


RAFA LOMBARDINO é tradutora e jornalista brasileira, radicada na Califórnia. Trabalha como tradutora desde 1997 e, em 2011, deu início a uma colaboração com escritores independentes para traduzir suas obras para português e inglês. Além de atuar como curadora de conteúdo no eWordNews, também dirige a Word Awareness, pequena rede de tradutores profissionais, e coordena dois projetos que promovem a literatura brasileira no mundo: Contemporary Brazilian Short Stories (CBSS) e Cuentos Brasileños de la Actualidad (CBA).