"Found in Translation" de Nataly Kelly e Jost Zetzsche

found in translation.jpg

Resenha de Rafa Lombardino

Título: "Found in Translation" [Encontrado na tradução]
Autores: Nataly Kelly e Jost Zetzsche
Publicado em: 2012
Idioma: inglês

A maioria dos livros sobre tradução é pensada para os próprios tradutores aprenderem mais sobre a teoria por trás da sua prática, se tornarem empresários ao negociar e promover os seus serviços ou simplesmente lerem ótimas experiências vividas por veteranos.

"Found in Translation", ou seja, "Encontrado na tradução", tem o subtítulo adequado de "Como os idiomas moldam as nossas vidas e transformam o mundo". Com este livro, o público em geral também pode aprender o que fazemos. Escrito por Nataly Kelly, que tem vastas experiências como intérprete de inglês e espanhol, e Jost Zetzsche, tradutor de inglês para alemão especializado em tecnologia da tradução, o livro muda o enfoque de como a tradução é feita para o que é feito por meio da tradução.

Com uma série de entrevistas e casos do mundo da tradução e interpretação, Nataly e Jost conseguiram pintar uma imagem colorida e diversificada de como os profissionais que trabalham com idiomas podem ajudar outras pessoas e servir de mediadores para interações em uma variedade de situações. Eles destacaram o envolvimento dos tradutores e intérpretes em questões de guerra e paz, saúde e direitos humanos, negócios e relações exteriores, religião, entretenimento, esporte e tecnologia.

Considerando como os autores tratam o tema, "Found in Translation" é recomendado não só para estudantes de tradução ou tradutores iniciantes e experientes, mas para todos aqueles interessados no assunto. Para obter depoimentos pessoais e ampliar os seus conhecimentos na área, ouça a entrevista com Nataly Kelly na rádio NPR e leia a sua coluna no Huffington Post, além de dar uma olhadinha no site de Jost Zetzsche, The Tool Box, que conta com uma variedade de recursos tecnológicos para tradutores e acompanhar as aventuras de Jeromobot, o padroeiro dos tradutores modernos que foi criado por ele.


RAFA LOMBARDINO é tradutora e jornalista brasileira, radicada na Califórnia. Trabalha como tradutora desde 1997 e, em 2011, deu início a uma colaboração com escritores independentes para traduzir suas obras para português e inglês. Além de atuar como curadora de conteúdo no eWordNews, também dirige a Word Awareness, pequena rede de tradutores profissionais, e coordena dois projetos que promovem a literatura brasileira no mundo: Contemporary Brazilian Short Stories (CBSS) e Cuentos Brasileños de la Actualidad (CBA).