Clarice Lispector chega às livrarias americanas

Clarice Lispector é uma das escritoras brasileiras mais ilustres e, graças ao tradutor e escritor 

Benjamin Moser, seu trabalho está chegando às livrarias americanas

New Directions

 é a editora por trás do projeto e o envolvimento de Moser se dá em grande parte pelo fato de ele ter escrito a biografia da autora (

"

Why This World

" foi publicado em 2009; leia aqui a entrevista com o biógrafo).

"A Hora da Estrela" (The Hour of the Star, traduzido por Moser e Colm Tóibín) foi publicado no ano passado. Em 2012, quatro de seus romances serão revisitados em inglês: "Perto do coração selvagem" (Near to the Wild Heart, Moser e Alison Entrekin), "A paixão segundo G.H." (The Passion According to G.H., Moser e Idra Novey), "Um sopro de vida" (A Breath of Life, Moser e Johnny Lorenz) e "Água Viva" (Moser e Stefan Tobler).

Seu trabalho já havia sido traduzido para o inglês, incluindo "A maçã no escuro" (The Apple in the Dark) pelo tradutor Gregory Rabassa, que se lembra de ter ficado "embasbacado ao conhecer uma pessoa tão rara, que se parecia com Marlene Dietrich e escrevia como Virginia Woolf".

Clarice nasceu na Ucrânia e sua família se mudou para o Brasil quando ela ainda era pequena. Ela trabalhou como jornalista e escreveu alguns contos antes de estrear aos 23 anos com "Perto do coração selvagem", que foi considerado revolucionário por causa do estilo nunca antes visto pelos leitores brasileiros. Além disso, ela também atuou como tradutora de inglês para português, traduzindo livros de Agatha Christie, Oscar Wilde, Edgar Allan Poe e até mesmo "Entrevista com o vampiro" de Anne Rice.

Quem sabe a iniciativa de revisitar seu trabalho gere interesse entre os leitores da língua inglesa e também acabe abrindo portas para outros célebres escritores brasileiros, sejam eles clássicos ou contemporâneos.

Mais informações sobre o projeto estão nas matérias publicadas pelo The Kansas City Star [em inglês] e Diário do Grande ABC.